Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Artigos

v. 9 n. 1 (2014): Março/2014

Um Estudo para a Aplicação de Gráficos de Controle Estatístico de Processo em Indicadores de Qualidade da Água Potável

DOI
https://doi.org/10.7177/sg.2014.V9.N1.A1
Enviado
novembro 6, 2011
Publicado
fevereiro 6, 2014

Resumo

O abastecimento de água em termos de quantidade e qualidade é uma preocupação crescente. A qualidade da água tem sido comprometida desde o manancial, pelo lançamento de efluentes e resíduos, o que exige investimento nas estações de tratamento para garantir a qualidade da água fornecida. A água que sai das estações de tratamento para a rede de distribuição deve atender limites de especificação, para alguns parâmetros, definidos pela legislação. Mas além de atender estes limites, para garantir a qualidade da água de abastecimento, é importante avaliar também a variabilidade. Neste sentido, gráficos de controle estatístico de processo desempenham um papel importante. O objetivo principal deste estudo é analisar a aplicação de gráficos de controle estatístico de processo aos dados de turbidez e cloro residual, dois indicadores de qualidade da água potável. Os dados, tanto de turbidez quanto de cloro residual eram autocorrelacionados, sendo necessário aplicar técnicas específicas para solucionar este problema. Gráficos de controle de Shewhart para medidas individuais com limites alargados e aplicados aos resíduos de um modelo ARIMA, foram analisados neste estudo. Estas propostas se mostraram adequadas para monitorar estes parâmetros.

Downloads

Não há dados estatísticos.