Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Artigos

v. 8 n. 3 (2013): Setembro/2013

Proposta Social, Econômica e Ambiental de Exploração da Silvicultura nas Regiões Norte e Noroeste Fluminense

DOI
https://doi.org/10.7177/sg.2013.V8.N3.A1
Enviado
outubro 13, 2013
Publicado
setembro 30, 2013

Resumo

Historicamente, as regiões Norte e Noroeste Fluminense tiveram suas economias baseadas no cultivo do café, cana-de-açúcar e pecuária, porém, essas atividades encontram-se em crise e estagnadas há décadas. A exceção deste cenário é parte da região litorânea que tem sua economia baseada na cadeia produtiva do petróleo. Este trabalho objetiva analisar a exploração da silvicultura nas regiões Norte e Noroeste Fluminense como opção de desenvolvimento sustentável. Para isto, foram realizados cálculos financeiros demonstrando a viabilidade deste empreendimento. Este estudo aponta que economicamente é viável a exploração da silvicultura, possuindo grande potencial de absorção de mão-de-obra em varias áreas, além de possibilitar a captação de recursos referentes aos créditos de carbono. Devido ao fato da obrigatoriedade das propriedades rurais recomporem a área de reserva legal e as obrigações de compensações ambientais os quais determinados empreendimentos são submetidos, surge a proposta que estas obrigações sejam empregadas na formação de maciços florestais a partir de alguns importantes fragmentos florestais existentes. Neste sentido, surge a proposta da implantação de Unidades de Produção de Mudas que atendam as demandas por mudas nativas de espécies florestais. O estudo aponta que as propostas possuem potencial de aumentar o dinamismo econômico, social e ambiental nas regiões de estudo.

Downloads

Não há dados estatísticos.