Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Edição Especial: Engenharia do Entretenimento, coordenada por José Augusto Kamel - PEP / UFRJ (COPPE)

v. 7 n. 2 (2012): Junho/2012

Gestão do Investimento Social Privado em Projetos de Desenvolvimento Local - O Caso de uma Escola de Turismo no Estado do Espírito Santo

DOI
https://doi.org/10.7177/sg.2012.V7.N2.A9
Enviado
outubro 3, 2012

Resumo

O modelo de interação empresa-sociedade vem sendo rediscutido amplamente sob a ótica do desenvolvimento local sustentável, partindo da premissa de que nenhuma organização da sociedade civil, com fins lucrativos ou não, pode sobreviver em um ambiente instável e desigual. Ao mesmo tempo, as empresas têm assumido cada vez mais o papel de provedoras de bens comuns e têm sido chamadas à atuação social tanto pelas comunidades quanto pelo próprio governo. Diante desse cenário e num contexto em que o exercício da responsabilidade social empresarial deve contribuir para o desenvolvimento sustentável, a questão que se apresenta é como uma grande empresa poderá conciliar os interesses do seu negócio com as necessidades e expectativas do governo e das comunidades no seu entorno. Este trabalho teve por objetivo verificar a contribuição do investimento social privado para o desenvolvimento local por meio da atuação conjunta de uma grande empresa de energia e uma escola profissionalizante de turismo no município de Anchieta-ES. Para consecução do objetivo proposto optou-se pela pesquisa exploratória, de natureza qualitativa, delimitando a amostra originalmente em seis instituições cuja atuação é voltada proeminentemente ao fomento do desenvolvimento local em suas comunidades e chegando até o Movimento de Educação Promocional do Espírito Santo (MEPES) e o projeto da Escola Família Turismo (EFTUR). Foram entrevistados os gestores das instituições selecionadas e profissionais que atuaram e/ou atuam como gestores de projetos sociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.