Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Artigos

v. 4 n. 1 (2009): Abril/2009

Estratégias de responsabilidade socioambiental: análise comparativa dos conteúdos dos Websites de entidades fechadas de Previdência complementar

DOI
https://doi.org/10.7177/sg.2009.V4N1A2
Enviado
junho 10, 2009
Publicado
junho 27, 2009

Resumo

Nos últimos anos, os fundos de pensão têm sido vistos como indutores da inserção de aspectos de governança e responsabilidades social e ambiental (RSA), nas organizações nas quais investem e/ou se relacionam, com um grande impacto no mercado. Este movimento tende a se tornar cada vez mais representativo, na proporção em que fica clara a posição dos grandes fundos de pensão, que têm divulgado, para o seu público interessado, através de seus websites e outros meios de comunicação, suas políticas de investimento, focadas em empresas com boas práticas de governança e responsabilidade socioambiental (RSA), bem como disponibilizado, publicamente, seus princípios e valores, baseados na adoção de uma gestão estratégica voltada para RSA. Por meio de uma pesquisa exploratória e descritiva, o presente trabalho pretende analisar os conceitos e práticas de RSA, adotados pelos três maiores fundos de pensão brasileiros (PREVI, PETROS e FUNCEF), que representam cerca de 46% do total dos R$ 394,68 bilhões de investimentos realizados por Entidades Fechadas de Previdência Complementar no Brasil. Com base em modelo teórico, caracterizado pela sua simplicidade e riqueza de informação, procurar-se-á estabelecer uma análise comparativa entre os conteúdos dos websites dos mencionados fundos de pensão.

Downloads

Não há dados estatísticos.