Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Artigos

v. 10 n. 3 (2015): Setembro/2015

Bioindicadores Complementares à Colimetria na Análise da Qualidade da Água: O Potencial das Leveduras no Lago Juturnaíba/RJ

DOI
https://doi.org/10.7177/sg.2015.V10.N3.A15
Enviado
junho 1, 2015
Publicado
setembro 30, 2015

Resumo

Os indicadores microbiológicos de qualidade da água, utilizados usualmente, não apresentam correlação com agentes patogênicos. Deste modo, novos indicadores, complementares, têm sido propostos. Este trabalho teve como objetivo avaliar as características das leveduras, como bioindicadores da qualidade da água: sua relação com os parâmetros físico-químicos e microbiológicos, as relações entre as espécies e os fatores ambientais que favorecem o seu crescimento. O lago de Juturnaíba foi escolhido, para avaliação da qualidade da água, devido a sua diversidade morfofisionômica e de qualidades de águas. Foram coletadas amostras entre agosto de 2009 e junho de 2010, de forma a acompanhar a variação sazonal. As leveduras cultivadas em BILgalci apresentaram boa correlação com a DBO5, correlação fraca com o pH, e suas variações quantitativas refletiram as mudanças sazonais no lago. As leveduras cultivadas em BILglici apresentaram boa correlação com a Escherichia coli e com os coliformes totais. Assim, as leveduras isoladas nos meios BIL apresentaram características adequadas a um bioindicador complementar de qualidade da água.

Downloads

Não há dados estatísticos.