Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Artigos

v. 10 n. 1 (2015): Março/2015

A Dimensão Conceitual de Knowledge-Intensive Business Services (KIBS) como Fator-Chave para Inovação

DOI
https://doi.org/10.7177/sg.2015.V10.N1.A12
Enviado
outubro 20, 2014
Publicado
março 30, 2015

Resumo

Resumo

A relevância do conhecimento e da inovação nas economias modernas reforça o interesse por pesquisadores em analisar estudos sobre KIBS, Negócios com Uso Intensivo de Conhecimento, em diversos países, tendo maior ênfase na Europa. O objetivo geral deste artigo, parte integrante do estudo de doutoramento em gestão, é identificar conceitos e dimensões em que pesquisadores basearam suas investigações. A revisão da literatura realizada nesse trabalho foi feita com uso da análise bibliométrica utilizando a base de dados SCOPUS no período de 2000-2014, configurando um estudo exploratório e qualitativo. Neste sentido, os principais resultados da pesquisa apontam reflexões geradas com as leituras, criando uma nova direção para entender a definição conceitual de KIBS, sendo percebidos como fomentadores de inovação e geradores de mudanças que dependem fortemente de conhecimento tácito incorporado em seus empregados, bem como no conhecimento codificado, o qual é ao mesmo tempo de entrada e saída. As dimensões encontradas no estudo foram consideradas como dimensões-chave, sendo: (i) conhecimento, (ii) inovação, (iii) espacial; (iv)  geração de riqueza e qualificação de pessoas e (v) institucional.

 

Palavras-chave: Conhecimento; Inovação; Negócios com Uso Intensivo de Conhecimento; KIBS.

 

Abstract

 

The relevance of knowledge and innovation in modern economies reinforces the interest of researchers in analyzing studies on KIBS, Business with Knowledge Intensive Use in several countries, with emphasis on Europe. The purpose of this paper, an integral part of doctoral study in management is to identify concepts and dimensions that researchers based their investigations. The literature review conducted for this study was done with use of bibliometric analysis using the SCOPUS database during the period 2000-2014, setting up an exploratory qualitative study. In this sense, the main results of the study indicate reflections generated with readings, creating a new direction for understanding the conceptual definition of KIBS, being perceived as promoters of innovation and generating changes that rely heavily on tacit knowledge embedded in employees as well as codified knowledge, which is both inlet and outlet. The dimensions found in this study were considered as key dimensions, namely: (i) knowledge (ii) innovation, (iii) space; (iv) generation of wealth and qualification of persons and (v) institutional.

 

Keywords: knowledge; Innovation; Knowledge-Intensive Business Services; KIBS.

Downloads

Não há dados estatísticos.