Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Artigos

v. 3 n. 3 (2008): Dezembro/2008

Conhecimento compartilhado nas universidades: o tácito e o explícito em sala de aula

DOI
https://doi.org/10.7177/sg.2008.SGV3N3A
Enviado
maio 28, 2009
Publicado
maio 29, 2009

Resumo

Este artigo teve por objetivo caracterizar a disseminação do conhecimento por meio de
variados instrumentos em sala de aula e o entendimento do docente quanto ao interesse
dos alunos para com estes instrumentos. Para entender o compartilhamento do
conhecimento na universidade, foi realizada pesquisa com docentes em cursos de teor
racional (engenharias elétrica, civil e química) e de teor considerado matricial (curso de
administração) em instituição de ensino superior referência na sua área de abrangência. O
estudo ficou caracterizado como exploratório e foi realizado com amostra escolhida por
conveniência do pesquisador, tendo como base os trinta e sete cursos que a instituição
oferece. Os resultados obtidos demonstraram que, apesar do ambiente dinâmico ser próprio
do conhecimento, os livros ainda são as ferramentas mais usadas pelos docentes para
obtenção do conhecimento e que, na sua percepção, a aquisição do conhecimento pelos
alunos também se dá em maior quantidade através deles. Embora em sala de aula o livro
seja o instrumento mais usado, nos cursos de engenharia o artigo científico tem participação
muito próxima. Quanto ao aprofundamento dos temas, é no livro que os docentes de
Administração se baseiam enquanto os das engenharias se baseiam em livros e artigos de
jornais e revistas. Por último, a percepção do docente de quais são os instrumentos de
obtenção de conhecimento mais interessantes para o aluno, em ambos os cursos a Internet
e a televisão foram mais apontados. O artigo conclui com sugestões para estudos futuros
sobre o compartilhamento do conhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.