Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Artigos

v. 3 n. 2 (2008): Agosto/2008

Uma discussão sobre o papel estratégico do Modelo de Produção Enxuta

DOI
https://doi.org/10.7177/sg.2008.SGV3N2A2
Enviado
maio 28, 2009
Publicado
maio 29, 2009

Resumo

As operações vêm exercendo um papel cada vez mais importante na construção de
vantagens competitivas para as organizações. No entanto, em muitas situações, a estratégia
de produção não está perfeitamente alinhada com a estratégia de negócios ou não é
implementada de maneira adequada, fazendo com que o potencial da manufatura não seja
devidamente explorado. Muitas vezes se observa que o foco das ações da estratégia de
produção é fundamentado em programas de melhoria, que nem sempre contribuem para a
construção de vantagens competitivas ou não garantem a sustentabilidade da função
produção em longo prazo. Considerando que a formulação e implementação de uma
estratégia de manufatura é um passo bastante importante para estabelecer o alinhamento
das operações com as prioridades competitivas da organização, o presente trabalho propõe
um framework teórico conceitual baseado no modelo de estratégia de produção. O estudo é
limitado às organizações que adotam a produção enxuta. Uma discussão de natureza
teórica é desenvolvida para analisar a utilização da produção enxuta, na sua definição,
como um modelo para a realização da estratégia de operações. A fundamentação da
abordagem está baseada em três paradigmas da estratégia de manufatura: Decisões
Estratégicas, Competição através da Manufatura e Melhores Práticas. A análise foi
constituída em termos do conteúdo e do processo da produção enxuta sob a perspectiva
destes paradigmas. Conclui-se que se pode considerar a produção enxuta, com diferentes
graus de completude, como um modelo para a realização da estratégia de produção.

Downloads

Não há dados estatísticos.