Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Artigos

v. 11 n. 1 (2016): Março/2016

Aspectos ambientais do setor da construção civil: uma contribuição para a adoção de sistema de gestão ambiental pelas pequenas e médias empresas de prestação de serviços

DOI
https://doi.org/10.20985/1980-5160.2016.v11n1.733
Enviado
maio 15, 2014
Publicado
março 31, 2016

Resumo

As pequenas e médias empresas (PMEs) desempenham importante função na cadeia da construção civil. Essas empresas, contratadas pelas de maior porte, prestam uma gama diversificada de serviços na execução de obras de infraestrutura. A indústria da construção civil é reconhecida pelo potencial em deflagrar significativos impactos ambientais pelas atividades de apoio, de responsabilidade das PMEs, e pelas principais, que também podem ser realizadas por PMEs. Os sistemas de gestão ambiental (SGA), que têm finalidade de gerenciar aspectos ambientais das atividades, ainda são de baixa adesão por parte das empresas de menor porte. Esta pesquisa tem por objetivo identificar os aspectos ambientais vinculados ao fornecimento de serviços executados por PMEs prestadoras de serviços à construção civil no país. Essa pesquisa aplicada exploratória subsidia-se por dados primários e estudo documental, em abordagem qualitativa. Para conhecimento e identificação dos aspectos ambientais associados às atividades de construção civil, selecionaram-se dois empreendimentos de infraestrutura, viário e portuário, bem como seus prestadores de serviços. De modo a contribuir para romper esse estigma de reserva ao uso do SGA por parte das pequenas e médias empresas, propõe-se um roteiro básico para identificação dos aspectos ambientais, a etapa técnica e uma das mais complexas da implantação do SGA.

Small and medium sized enterprises (SMEs) play an important role in the construction chain. These companies hired by larger, providing a diverse range of services in execution of infrastructure works. The construction industry is recognized by potential trigger significant environmental impacts by supporting, responsibility SME activities , and the main , which can also be made by SMEs. The environmental management systems (EMS ), which are intended to manage environmental aspects of activities, are still low compliance by the smaller companies . This research aims to identify the environmental aspects linked to the supply of services performed by SMEs providing services for civil construction in the country . This research applied exploratory subsidizes up by primary data and documentary study, in a qualitative approach. For knowledge and identification of environmental aspects associated with construction activities, they selected two infrastructure projects, road and port, as well as their service providers. In order to help break this stigma reserve of the use of EMS for small and medium enterprises, proposes a basic guide for the identification of environmental aspects, the technical and one of the most complex stage implementation of the EMS.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.