Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Artigos

v. 12 n. 2 (2017): JUNHO/2017

Impacto da gestão sistêmica no desenvolvimento de projetos: um estudo em uma Software House

DOI
https://doi.org/10.20985/1980-5160.2017.v12n2.595
Enviado
setembro 9, 2013
Publicado
agosto 24, 2017

Resumo

O mercado do século XXI exige das empresas a capacidade de se autogerir para atender de forma eficiente e eficaz as necessidades de cada cliente; assim, para obter estes resultados, notou-se a importância de minimizar esforços e eliminar o retrabalho. Nesse contexto, se faz necessária uma visão abrangente que reflita o cenário globalizado e revolução tecnológica, como a Teoria Geral dos Sistemas, que surgiu, no inicio do século XX, como uma forma de integração entre as diversas áreas do conhecimento, gerando subsídios para um modelo de gestão que permite ao gestor uma visão holística do negócio, com enfoque nas inter-relações entre os elementos da organização. A partir do exposto, o trabalho objetiva analisar a aplicação da Teoria Sistêmica em uma empresa de Software House na região bragantina. Para desenvolver o trabalho, utilizou-se o método de estudo de caso e pesquisa bibliográfica e, no levantamento dos dados, foi realizada a observação participante, tendo o desenvolvimento de projetos da empresa como objeto de estudo. A partir da análise do caso é possível verificar, como benefício do modelo de gestão sistêmica, uma tendência a maior efetividade na resolução de conflitos, bem como estímulos a ganhos de produtividade, decorrente da percepção holística dos processos. 

Downloads

Não há dados estatísticos.