Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Artigos

v. 14 n. 3 (2019): SETEMBRO 2019

Comportamento de cidadania organizacional: um estudo de regressão linear múltipla na Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM)

DOI
https://doi.org/10.20985/1980-5160.2019.v14n3.1594
Enviado
dezembro 12, 2019
Publicado
fevereiro 1, 2020

Resumo

A Gestão de Pessoas nas organizações tornou-se uma tarefa em que envolve cada vez mais um número crescente de variáveis. Para as empresas atuarem em vantagem competitiva é importante que adotem estratégias específicas. As ações e gestos discricionários praticados pelos funcionários nas organizações, e que vão além das tarefas determinadas pelo cargo e função na empresa, são considerados o Comportamento de Cidadania Organizacional (CCO) e que é o tema deste estudo. O objetivo é conhecer em que medida as cinco variáveis propostas por Organ (1988) foram percebidas e identificadas na Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM), considerando a opinião dos seus funcionários. A pesquisa, um estudo de caso com uma abordagem qualitativa e quantitativa, envolveu um universo de 1.704 funcionários, que receberam formulários online, contendo 31 assertivas com base nas cinco variáveis de Organ (1988) e obteve 362 respostas válidas. Os dados coletados foram analisados a partir de um modelo de regressão linear múltipla, que desvendou o grau de influência de cada uma das cinco variáveis propostas por Organ (1988) no CCO dentro da empresa. Tal metodologia de análise aplicada a uma empresa pública federal poderia ser replicada em outras instituições para o mapeamento e a gestão dos fatores que mais impactam na geração de um ambiente colaborativo. 

Downloads

Não há dados estatísticos.