Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Artigos

v. 14 n. 2 (2019): JUNHO 2019

Análise da utilização da saúde enxuta no contexto dos serviços farmacêuticos

DOI
https://doi.org/10.20985/1980-5160.2019.v14n2.1588
Enviado
novembro 1, 2019
Publicado
fevereiro 1, 2020

Resumo

Contextualização: As despesas com medicamentos são relevantes e crescem no sector da saúde. Portanto, as operações de Serviços Farmacêuticos (SF) são concebidas para desempenhar um papel significativo na melhoria dos contextos sociais e econômicos da saúde.

Objetivo: Este artigo visa analisar se as práticas do Lean Healthcare (LH – Cuidados de saúde Lean) têm contribuído para a melhoria dos processos do SF.

Métodos: Este estudo é baseado nas diretrizes do PRISMA. A pesquisa foi realizada na literatura por meio de bancos de dados, como Web of Science, Scopus, Medline (via PubMed) e Embase. Neste estudo, 2878 artigos identificados foram selecionados. Os artigos publicados até o final de 2017 (e considerando um período de 10 anos) foram pesquisados. No total, 43 estudos atenderam aos critérios de inclusão e exclusão predefinidos para análise dos dados neste trabalho, 37 dos quais foram publicados em 25 periódicos e seis em congressos.

Resultados: Os Estados Unidos e o Reino Unido concentraram 65% dos artigos. Observou-se uma predominância de estudos no contexto do setor Farmácia Hospitalar, enfatizando as práticas de LH nas etapas de Distribuição e Uso no contexto do SF.

Conclusão: A literatura sobre o pensamento lean aplicado no contexto específico do SF é relativamente recente e escassa, com um crescimento mais acentuado nos últimos anos. Verificou-se que as práticas de LH no SF têm sido aplicadas com maior ênfase na redução de tempo e desperdício de recursos, enquanto contribuem para a melhoria dos processos e aumento da segurança dos pacientes.

Downloads

Não há dados estatísticos.