Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Artigos

v. 14 n. 3 (2019): SETEMBRO 2019

Fatores críticos de sucesso que melhoram a gestão escolar

DOI
https://doi.org/10.20985/1980-5160.2019.v14n3.1582
Enviado
outubro 15, 2019
Publicado
fevereiro 1, 2020

Resumo

Destaques: As instituições de ensino precisam cada vez mais lidar com a responsabilidade de transmitir conhecimento ao promover o desenvolvimento do estudante e qualificá-lo para o mercado de trabalho. Para se manterem competitivas neste mercado necessitam satisfazer as necessidades dos seus clientes (pais e alunos). Portanto, os gestores educacionais devem utilizar estratégias para melhorar e desenvolver o ambiente organizacional da escola.

Objetivo: Analisar, por meio da identificação, descrição e avaliação, os Fatores Críticos de Sucesso (FSC) que influenciam a melhoria da gestão escolar. Estes fatores envolvem aspectos como: treinamento, projeto político pedagógico, ferramentas de ensino e qualidade percebida. Além disso, contribuir com dados que corroborem com o desenvolvimento da gestão escolar.

Metodologia: O referencial teórico utilizado para tratar os FCS de Rockart (1979) é o komolgorov-Smirnov (1979). Como o método Kolmogorov-Smirnov tem aplicação simplificada, a Lógica Paraconsistente será também empregada, pois permite o tratamento com naturalidade de divergências, inconsistências e contradições, além de permitir a obtenção de resultados mais precisos e próximos da realidade (Casarin, 2007).

Resultados: Foi constatado que o uso e a priorização dos FCS podem influenciar positivamente o desempenho do gestor escolar. É importante esclarecer que as escolas não deixam de ser empresas que prestam serviços e como tal devem considerar o emprego de estratégias que melhorem sua competitividade, produtividade, rentabilidade e excelência. Conclui-se que a gestão escolar pôde melhorar seu desempenho utilizando a priorização dos FCS na seguinte ordem crescente de importância: ferramentas de ensino, treinamento, projeto político pedagógico e qualidade percebida.

Limitações: Este trabalho se restringe às dez melhores escolas da cidade de Niterói, de acordo com conceito no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Essa delimitação faz com que os resultados obtidos estejam sujeitos a padrões, como comportamento e exigências do mercado.

Implicações práticas: Espera-se, além de agregar valor à literatura vigente, estimular os estudos em torno do tema proposto, visando cada vez mais auxiliar os gestores escolares na eficácia das ações.

Valor e originalidade: Foram encontrados poucos estudos na literatura propondo a utilização dos FCS para tratar a melhoria de gestão em instituições de ensino. Sendo assim, este trabalho pretende descrever propostas inovadoras para este segmento; dar ao gestor educacional um papel de destaque ao identificar e priorizar os FCS; e, finalmente, contribuir com outros trabalhos que avaliam o impacto da capacitação de educadores no avanço da gestão escolar e na qualidade do atendimento aos estudantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.