Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Artigos

v. 13 n. 3 (2018): SETEMBRO 2018

Construção civil: crescimento versus custos de produção civil

DOI
https://doi.org/10.20985/1980-5160.2018.v13n3.1419
Enviado
abril 11, 2018
Publicado
setembro 3, 2018

Resumo

O crescimento econômico de um país está diretamente ligado ao crescimento de diversos setores, especialmente o industrial, no qual se destaca o seguimento da Construção Civil. Nessa conjectura, o principal objetivo desse estudo foi investigar a relação entre o crescimento da indústria da construção civil no Brasil e seus custos de produtividade no período de 2000 a 2016. Para tanto, adotou-se duas metodologias quantitativas: o método de correlação linear de Pearson e o estimador de mínimos quadrados ordinários. A base de dados utilizada foi constituída de informações coletados no Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e na Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). Os principais resultados informam que: i) não foi apurada nenhuma evidência estatística válida que comprove qualquer relação direta ou indireta dos custos com as taxas de crescimento do setor; ii) como era de se esperar, constatou-se que o principal determinante da indústria da construção civil são os investimentos. As principais limitações enfrentadas na presente pesquisa referem-se a problemas de variáveis omitidas nas estimações propostas, sejam por erros de mensuração e/ou indisponibilidade de informações. Por sua vez, destaca-se a relevância de trabalhos desta natureza, pois torna possível a construção de políticas públicas e privadas mais efetivas com a finalidade de desenvolver o setor. Vale destacar que há ausência inegável de pesquisas com o enfoque abordado.

Downloads

Não há dados estatísticos.