Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Artigos

v. 11 n. 4 (2016): Dezembro/2016

Panorama da complexidade: principais correntes, definições e constructos

DOI
https://doi.org/10.20985/1980-5160.2016.v11n4.1157
Enviado
abril 16, 2016
Publicado
maio 31, 2017

Resumo

A Teoria da Complexidade é aplicada a muitos campos do conhecimento humano, e suas implicações são crescentes, tanto no mercado quanto na academia. No entanto, usualmente, a teoria é abordada por fragmentos em revisões de literatura, que não a tem como foco principal. Dessa forma, dificulta-se o entendimento de sua unicidade, sua continuidade e sua consistência. Assim, o objetivo deste trabalho é prover um panorama sobre a Teoria da Complexidade, apresentando seus principais elementos e fomentando a discussão a respeito de suas potencialidades de uso. A abordagem da pesquisa é qualitativa, exploratória e bibliográfica, focada em três das principais bases científicas: Web of Knowledge, Scopus e SciELO Brasil. Constata-se que a popularidade da Teoria da Complexidade entre acadêmicos e praticantes é crescente e tem potencial para gerar benefícios ainda não explorados em diversas áreas.

Downloads

Não há dados estatísticos.