Os Riscos da Exposição Ocupacional ao Cádmio

Lisiane Heinem Fernandes, Fernando Benedicto Mainier

Resumo


Desde a antiguidade, a relação entre as exposições ocupacionais e o aparecimento de doenças é conhecida. A descrição da inalação de poeira nos ambientes de trabalho como agente causador de sintomas respiratórios e doenças pulmonares, já data de460 a. C., feita por Hipócrates.  Dados da Organização Internacional do Trabalho de 2005 apontam que as substâncias perigosas matam em torno de 480 mil trabalhadores anualmente. Estima-se que 10% dos cânceres de pele são causados pela exposição a substâncias perigosas nos postos de trabalho. Assim, este trabalho tem por objetivo principal abordar os problemas associados à exposição ao cádmio em trabalhadores. Para isso, são feitos relatos de alguns acidentes envolvendo o metal com trabalhadores e por fim são discutidas maneiras de melhorar as condições de trabalho, minimizando o risco da contaminação ocupacional.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7177/sg.2014.V9.N2.A3

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

 

ISSN: 1980-5160

Rua Passo da Pátria 156, bloco E, sala Sistemas & Gestão, Escola de Engenharia, São Domingos, Niterói, RJ, CEP: 24210-240

Tel.: (21) 2629-5616

Correspondência: Caixa Postal LATEC: 100175, CEP 24.020-971, Niterói, RJ