Estudo da Viabilidade Econômica em Pequenas Propriedades Rurais após Alteração do Código Florestal Brasileiro

Mônica Regina Taube, Simone Sehnem, Alceu Cericato

Resumo


 

Este artigo buscou avaliar o impacto econômico em uma propriedade rural ao adequar-se ao cumprimento efetivo da legislação ambiental (Código Florestal Brasileiro) no que diz respeito à delimitação das Áreas de Preservação Permanente (APP?s) e a averbação das Áreas de Reserva Legal (ARL?s). Além disso, foi realizado um levantamento topográfico, identificando as áreas a serem preservadas e as áreas produtivas. Foram avaliadas todas as atividades produtivas da propriedade, buscando quantificar as receitas obtidas, e propostas alternativas viáveis ao produtor rural, para que o mesmo possa tornar a propriedade economicamente viável e em total cumprimento com as normas ambientais. O estudo consiste em uma pesquisa cuja abordagem é descritiva. Trata-se de uma pesquisa que se classifica com relação ao enfoque em qualitativa e quantitativa. Com relação aos procedimentos consiste em um estudo de caso. Foi possível constatar que a adequação da pequena propriedade rural a legislação ocasionou diminuição significativa na renda. Porém, efetuando um planejamento e implantando o sistema de Pastoreio Rotacional Voisin (PRV) é possível reverter à situação, elevando a renda mensal e respeitando as normas.

Palavras-chave: Propriedades familiares. Código Florestal Brasileiro. Impacto Econômico.

 

 


Palavras-chave


Properties family; Brazilian Forest Code; Economic Impact

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7177/sg.2012.V7.N4.A8

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

 

ISSN: 1980-5160

Rua Passo da Pátria 156, bloco E, sala Sistemas & Gestão, Escola de Engenharia, São Domingos, Niterói, RJ, CEP: 24210-240

Tel.: (21) 2629-5616

Correspondência: Caixa Postal LATEC: 100175, CEP 24.020-971, Niterói, RJ