Estratégias de responsabilidade socioambiental: análise comparativa dos conteúdos dos Websites de entidades fechadas de Previdência complementar

Ricardo Domingues Santiago, Eduardo Rodrigues Gomes

Resumo


Nos últimos anos, os fundos de pensão têm sido vistos como indutores da inserção de aspectos de governança e responsabilidades social e ambiental (RSA), nas organizações nas quais investem e/ou se relacionam, com um grande impacto no mercado. Este movimento tende a se tornar cada vez mais representativo, na proporção em que fica clara a posição dos grandes fundos de pensão, que têm divulgado, para o seu público interessado, através de seus websites e outros meios de comunicação, suas políticas de investimento, focadas em empresas com boas práticas de governança e responsabilidade socioambiental (RSA), bem como disponibilizado, publicamente, seus princípios e valores, baseados na adoção de uma gestão estratégica voltada para RSA. Por meio de uma pesquisa exploratória e descritiva, o presente trabalho pretende analisar os conceitos e práticas de RSA, adotados pelos três maiores fundos de pensão brasileiros (PREVI, PETROS e FUNCEF), que representam cerca de 46% do total dos R$ 394,68 bilhões de investimentos realizados por Entidades Fechadas de Previdência Complementar no Brasil. Com base em modelo teórico, caracterizado pela sua simplicidade e riqueza de informação, procurar-se-á estabelecer uma análise comparativa entre os conteúdos dos websites dos mencionados fundos de pensão.

Palavras-chave


Responsabilidade social corporativa; Responsabilidade socioambiental; Sustentabilidade; Fundos de pensão

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7177/sg.2009.V4N1A2

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

 

ISSN: 1980-5160

Rua Passo da Pátria 156, bloco E, sala Sistemas & Gestão, Escola de Engenharia, São Domingos, Niterói, RJ, CEP: 24210-240

Tel.: (21) 2629-5616

Correspondência: Caixa Postal LATEC: 100175, CEP 24.020-971, Niterói, RJ