Governança Corporativa e Custos de Agência nas Empresas com Influência Governamental

Daniel de Freitas Gotaç, Roberto Marcos da Silva Montezano, Valdir de Jesus Lameira

Resumo


Este artigo analisa empiricamente a relação entre influência governamental e custos de agência no Brasil. Como medidas de custos de agência o artigo adota dois indicadores: a taxa de eficiência dos ativos e a razão entre despesas administrativas e receitas de vendas. Utilizando-se de uma amostra de 242 companhias abertas brasileiras nos anos de 2011 e 2012, aplicou-se o método das regressões lineares com mínimos quadrados ordinários em cortes transversais.  Os resultados não mostram indícios congruentes para a existência de relacionamento entre as variáveis, trazendo evidências conflitantes conforme a medida de custo de agência adotada. Contudo, a presente investigação se mostra um assunto a ser pesquisado em um período de tempo maior e por meio de testes estatísticos adicionais.


Palavras-chave


Governança Corporativa, custos de agência, influência governamental

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7177/sg.2015.V10.N3.A6

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

 

ISSN: 1980-5160

Rua Passo da Pátria 156, bloco E, sala Sistemas & Gestão, Escola de Engenharia, São Domingos, Niterói, RJ, CEP: 24210-240

Tel.: (21) 2629-5616

Correspondência: Caixa Postal LATEC: 100175, CEP 24.020-971, Niterói, RJ