Análise Ergonômica do Trabalho de Reflorestamento: Uma Aplicação dos Métodos NIOSH e da Norma Internacional ISO 11228-1

Bruno Torres Braga da Silva, Suzana Dantas Hecksher, Gilson Brito Alves Lima

Resumo


Resumo

Com o crescimento da conscientização da população para as questões ambientais, iniciativas e projetos de reflorestamento se tornaram cada vez mais recorrentes. No entanto a análise dos riscos associados ao aparecimento de Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho - DORT nesta atividade nem sempre são consideradas. O presente trabalho objetiva identificar os riscos de aparecimento de DORT numa atividade de reflorestamento, em área com relevo acidentado, tendo como metodologia para a compreensão das atividades e das dificuldades enfrentadas pelos trabalhadores a Análise Ergonômica do Trabalho (AET). Os resultados da AET identificaram que o carregamento de mudas morro acima é a principal tarefa contribuinte ao aumento de DORT. Foram utilizadas a equação NIOSH e a Tabela 1 da norma ISO 11228-1 na etapa de análise sistemática da atividade. A partir do diagnóstico dos fatores de agravamento do risco de DORT, foram construídas recomendações de melhorias das condições de trabalho, como: intensificação do uso de tração animal; cabeamento elevado e trator com carretinha; adoção de mochilas com barrigueira; estocagem das mudas em bancadas a fim de diminuir o deslocamento vertical; adoção de pausas para descanso; realização de treinamento sobre a atividade de carregamento e orientação sobre os riscos associados.

Abstract

With the growth of public awareness for environmental issues, reforestation initiatives and projects have become increasingly recurrent. However the analysis of risks associated with the development of Work-Related Musculoskeletal Disorders - WMSD in this activity are not always considered. The present work aims at identifying the risks of WMSD in a reforestation, in an area with rugged relief, and as a methodology for understanding the activities and the difficulties faced by workers Ergonomic Work Analysis (EWA). The results identified that EWA served to identify that carrying of seedlings uphill is the main contributor to increased task of WMSD. The NIOSH equation and the Table 1 of ISO 11228-1 were used for evaluation of this task. From the diagnosis of increased risk factors for WMSD were constructed recommendations for improvements in working conditions, such as: increased use of draft animals; high cabling and tractor with trailer; adoption of backpacks with girth; storage of seedlings on benches in order to decrease the vertical displacement; adoption of rest breaks; conducting training on the activity of loading and guidance on the associated risks.


Palavras-chave


Reflorestamento; Análise Ergonômica do Trabalho; Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho - DORT; Equação NIOSH; ISO 11228-1

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7177/sg.2015.V10.N3.A10

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

 

ISSN: 1980-5160

Rua Passo da Pátria 156, bloco E, sala Sistemas & Gestão, Escola de Engenharia, São Domingos, Niterói, RJ, CEP: 24210-240

Tel.: (21) 2629-5616

Correspondência: Caixa Postal LATEC: 100175, CEP 24.020-971, Niterói, RJ