Idade Versus Maturidade: Uma Pesquisa Empírica sobre Sistemas de Gestão da Qualidade

Adelson Pereira do Nascimento, Marcos Paulo Valadares de Oliveira, Hélio Zanquetto Filho, Marcelo Bronzo Ladeira

Resumo


Resumo

Embora seja geralmente aceito que a Gestão da Qualidade em uma empresa, após a certificação, se torne madura com o passar do tempo, há surpreendentemente, pouca ou nenhuma teoria para sustentar essa crença. Este estudo examina quais são os indícios de maturidade de um Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) e avalia se o nível de maturidade alcançado está relacionado com o tempo de certificação de um SGQ. Para tanto, foram avaliadas 179 empresas de diversos portes e segmentos, atuantes nos estados de Minas Gerais, Bahia, Espírito Santo, Rio de janeiro e São Paulo. Para a determinação dos fatores relativos à maturidade foram empregadas técnicas de análise multivariada e a sua relação com a idade de SGQs foi avaliada por meio de testes de correlação, mostrando que não é possível afirmar que há uma relação estatisticamente significativa entre a maturidade dos Sistemas de Gestão da Qualidade e o tempo de certificação. Entretanto, a análise mostra uma interessante triangulação: A criticidade no fornecimento tem relação significativa tanto com a maturidade quanto com o tempo de certificação de SGQs.

 

Age versus maturity: An empirical research about Quality Management Systems


Abstract

Although it is generally accepted that the Quality Management in a company, after certification, becomes mature over time, there is surprisingly little or no theory to support this belief. This study examines what are the signs of maturity of a Quality Management System (QMS ) and assesses if the level of maturity achieved is related to the time of certification of a QMS. In order to achieve this objective, were evaluated 179 companies of different sizes and industries, active in the states of Minas Gerais, Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro and São Paulo. It was employed multivariate analysis to determine the factors related to maturity and its relation to the age of QMS was assessed by correlation tests, showing that it is not possible to say that there is a statistically significant relationship between the maturity of Systems Quality Management and the time of certification. However, the analysis shows an interesting triangulation: A critical supplier has a significant relationship with both maturity and with the time of QMS certification.

 


Palavras-chave


Sistemas de gestão da Qualidade, Maturidade, Criticidade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7177/sg.2015.V10.N1.A9

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

 

ISSN: 1980-5160

Rua Passo da Pátria 156, bloco E, sala Sistemas & Gestão, Escola de Engenharia, São Domingos, Niterói, RJ, CEP: 24210-240

Tel.: (21) 2629-5616

Correspondência: Caixa Postal LATEC: 100175, CEP 24.020-971, Niterói, RJ