Visão do Balanced Scorecard nas micro, pequenas e médias empresas

Maria Lúcia Ribeiro da Costa, Erico Giuliano de Souza Giani, Edwin V. Cardoza Galdamez

Resumo


Nas organizações, os indicadores de desempenho são utilizados para medir os resultados e auxiliar a tomada de decisão. Observa-se que as micro, pequenas e médias empresas (MPME) têm mais dificuldades em utilizar as ferramentas de medição. Diante dessa realidade, o presente estudo tem como objetivo identificar, a partir de uma pesquisa bibliográfica, as principais barreiras encontradas no uso do Balanced Scorecard (BSC) nas MPME. Para tanto, foi realizado um levantamento a partir da bibliografia clássica, evoluindo para publicações contemporâneas, finalizando com a apresentação de um quadro comparativo da utilização do BSC, vantagens e desvantagens de acordo com cada obra estudada. O estudo aborda as dificuldades mais frequentes para a utilização dos indicadores de desempenho, em particular o BSC, que abrange perspectivas relacionadas ao tomador de decisão e fatores relacionados às limitações de recursos. Como destaque para os resultados alcançados cita-se a diversidade dos aspectos abordados, o que possibilitou o entendimento mais completo do BSC como uma ferramenta de contribuição para o tomador de decisão dar os primeiros passos na medição de desempenho.


Palavras-chave


Balanced Scorecard; Micro, Pequena e Média Empresa; Medição de Desempenho.



DOI: https://doi.org/10.20985/1980-5160.2019.v14n1.1505

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

 

ISSN: 1980-5160

Rua Passo da Pátria 156, bloco E, sala Sistemas & Gestão, Escola de Engenharia, São Domingos, Niterói, RJ, CEP: 24210-240

Tel.: (21) 2629-5616

Correspondência: Caixa Postal LATEC: 100175, CEP 24.020-971, Niterói, RJ