Metodologia para seleção de microbacias de drenagem urbana para implantação de microreservatórios: estudo de caso da bacia da Tijuca, RJ

Alfredo Akira Ohnuma Jr., Marcelo Obraczka, Luis Carlos Soares da Silva Jr., Isaias Fagundes Leal, Bruno Muricy

Resumo


As áreas mais densamente urbanizadas vêm sofrendo crescentemente com problemas relacionados a cheias e enchentes, devido à falta de capacidade dos sistemas de drenagem existentes. Atualmente, diversas alternativas de projetos têm sido apresentadas, como medidas não convencionais de drenagem urbana com o objetivo de reduzir os impactos do escoamento superficial em áreas urbanizadas, a exemplo da implementação de sistemas de retardo e de retenção a montante, além do compartilhamento da responsabilidade entre atores públicos e privados. O presente trabalho visa definir critérios específicos para seleção de microbacias de drenagem urbana, que apresentem maior viabilidade de implementação de microreservatórios de captação e armazenamento de água da chuva em lotes distribuídos em determinada região. A metodologia consiste na análise de duas áreas distintas na Grande Tijuca, Rio de Janeiro, RJ, região historicamente bastante afetada por inundações urbanas. Foi realizada a seleção e a hierarquização de microbacias de drenagem com maior potencial de implantação de microreservatórios, a partir de critérios, entre os quais: (1) existência de grandes áreas impermeabilizadas, especialmente coberturas e telhados; (2) reduzida eficiência/capacidade operacional dos sistemas locais de microdrenagem existentes; (3) inexistência de bacias externas e/ou de remanso do corpo receptor e; (4) potencial do aproveitamento das águas pluviais armazenadas. De acordo com os critérios estabelecidos, torna-se viável a definição de áreas prioritárias para implementação de amortecimento a montante por meio de microreservatórios nos lotes, aumentando os possíveis benefícios da utilização dessa técnica. Recomenda-se trabalhos futuros que aprofundem os estudos de viabilidade, com a realização de modelagens hidrológica e hidráulica das bacias e respetivos sistemas de drenagem.


Palavras-chave


Drenagem urbana; Microreservatórios em áreas particulares; Retenção a montante; Amortecimento de picos de vazão



DOI: https://doi.org/10.20985/1980-5160.2018.v13n4.1393

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

 

ISSN: 1980-5160

Rua Passo da Pátria 156, bloco E, sala Sistemas & Gestão, Escola de Engenharia, São Domingos, Niterói, RJ, CEP: 24210-240

Tel.: (21) 2629-5616

Correspondência: Caixa Postal LATEC: 100175, CEP 24.020-971, Niterói, RJ